Curso Libertos pela Verdade

Lição 9

A verdadeira Adoração

Para acompanhar os estudos utilize uma bíblia ou este site https://www.bibliaonline.com.br/acf

Já vimos em lições anteriores que Deus fala aos homens através das Sagradas Escrituras. No Monte Sinai, com Seu próprio dedo, Deus escreveu em tábuas de pedra os Dez Mandamentos, indispensáveis para o bom comportamento de Seus filhos. No segundo e quarto mandamentos Deus manifesta Seu desejo de ser reverenciado como Criador e Doador da Vida, orientando-nos como adorá-lo na beleza de Sua Santidade.

Perguntas

01) Quais são o segundo e o quarto mandamento da Lei de Deus? Êxodo 20:4-6; 8-11

A Bíblia revela que Deus é amor, e que Ele amou o mundo a ponto de dar o Seu Filho para salvação do mundo. Não precisamos de nenhum intermediário além de Jesus, para chegarmos na presença deste Pai de amor.

O Dia Santo

A palavra santo, quer dizer “separado”, reservado para um fim específico”. Deus, ao criar o Universo com toda a perfeição, estabeleceu diversas leis para garantir um relacionamento harmonioso entre o homem, a natureza e o seu Criador. Portanto, jamais poderia esquecer de separar um dia da semana para que Seus filhos repousassem e O adorassem como Eterno Criador.

Este fato aconteceu após a morte de Cristo, o que torna claro que Jesus, antes de morrer, não mudou o sábado para o domingo.

Em Filipos Paulo estava entre gentios gregos, e já não havia sinagoga. Mas a Bíblia ensina enfaticamente que no sábado saíram às margens de um rio para procurar um lugar para orar e cultuar a Deus.

Jesus estava profetizando sobre a fuga dos cristãos na cidade de Jerusalém, quando esta estivesse na iminência de ser cercada e destruída. Os seguidores de Jesus cumpriram o desejo do Mestre, oraram segundo esta palavra e foram atendidos. Os cristãos abandonaram a cidade no meio da semana e isto aconteceu no outono quando a temperatura é ideal na Palestina, para quem precisa fazer longas caminhadas.

O importante é que Jesus se identifica como o SENHOR DO SÁBADO. Os demais dias nem seus nomes estão na Bíblia.

O descanso sabático é um antegozo do céu, é símbolo da paz que encontramos ao receber Jesus como nosso todo e suficiente Salvador. O descanso profundo que a alma sente ao confiar totalmente em Cristo para sua salvação, ou seja, a certeza da Salvação, é justamente o que o sábado cristão simboliza.

Sugestões de leitura adicional:

- O santo dia de Deus - Lester G. Osborn

- Sábado: criação de Deus para nosso benefício – Rodney Henry

- Fiel ao Sábado, fiel ao nosso Deus – Larry Graffius

Os campos com * são obrigatórios.